.

 

 
 

 

O PONTO G

Depois do "pontocom", o "ponto" mais procurado por quem busca sexo e prazer é o tal do Ponto G. Ponto de Grafenberg, G Spot para os ingleses, o polêmico local situados na vagina seria o responsável por um dos maiores mitos do século que passou.

Há os que afirmam que as probabilidades de sua existência são tão incosistentes quanto à dos gnomos, mas, como estes, tem enorme popularidade. Nos últimos tempos, tornou-se o verdadeiro graal do sexo, não faltando os peregrinos fanáticos que partiram em sua busca a qualquer preço, sem jamais conseguir sucesso, e os fiéis que garantem terem presenciado sua aparição durante o ato sexual.
Não há provas de que o ponto G seja mesmo o responsável pela ejaculação feminina, que, segundo a lenda, chega a jorrar em quantidades de fazer inveja aos produtores de sêmen - os homens. Descoberto, ou inventado, pelo obstetra alemão Ernst Grafenberg no final da década de 40, sua localização dá margem a especulações sobre a existência de algo ali, mais ou menos três centímetros adentro na vagina. Lá existe uma grande confluência de terminais nervosos, o que é garantia de sensibilidade, mas nem todas as mulheres são sensíveis a ponto de aumentar o seu tesão durante uma transa.

 

'
 

 
.